quarta-feira, 13 de maio de 2009

AMÁLIA REGRESSA AO CINEMA


Após o estrondoso sucesso que foi a estreia de Amália Rodrigues no cinema com o filme «Capas Negras» de Armando de Miranda, poucos meses mais tarde é novamente convidada para protagonizar um novo filme, desta vez ao lado de Virgílio Teixeira, o filme «Fado, História de uma Cantadeira». O filme era a primeira longa-metragem realizada por Perdição Queiroga, entretanto recém-chegado da América onde estagiara. Para o sucesso do filme muito contou a publicidade em torno da história, que anunciava ser baseada na vida da própria Amália. A interpretação de Amália é louvada pela crítica e o publico corre para as salas de cinema para poderem ver a Diva do Fado. O filme mantém-se 26 semanas em cartaz, batendo o recorde de audiência para um filme português. Amália ganharia nesse ano o prémio do SNI para a melhor actriz desse ano.

CONTINUA...

Sem comentários: