quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

ANTÓNIO CALVÁRIO - O REI DA RÁDIO


Com a revolução do 25 de Abril, as mentalidades mudam e António Calvário deixa de cantar nos palcos em que estava habituado, para cantar em night-clubs e cabarets. Em 1977 regressa ao teatro, no ABC, com as revistas "Põe-te na Bicha" e "Direita Volver". Da primeira resultará um grande sucesso com "Mocidade, Mocidade", da autoria de Eduardo Damas e Manuel Paião, disco que consegue chegar a Disco de Ouro. Em 1984, assinala os 25 anos de carreira como um concerto no Teatro S. Luís, em Lisboa, onde actuam nomes como Simone de Oliveira ou Tony de Matos, entre outros.
Em 1988 lança um disco com os temas "Adeus Isabel" e "Santa Luzia". Em 1996, é editado pela editora STRAUSS o CD "Oração", uma compilação de canções entre as quais estão incluídas, "Oração", "O Meu Chapéu", "Mocidade", "Alma de Boémio" ou "Pop Fado", entre outras.

CONTINUA…

Sem comentários: